[SEMANA X] Train To Busan (1/5)

| | |
Olá queridos leitores!

Iniciamos hoje a primeira Semana X do blog, com o tema "Drama Coreano", e pra começar com o pé direito, resolvi trazer um dos filmes coreanos mais comentados dos últimos tempos: Train To Busan. O que me surpreendeu foi o número de pessoas que não são fãs do cinema coreano se interessando pelo filme, e esse sendo posto em cartaz em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil.

Certamente, se vocês procurarem em algumas resenhas internet adentro, verão algumas críticas negativas e isso tudo porque as pessoas são ignorantes quando se trata de cinema coreano, que é baseado em DRAMAS. Outras críticas dizem que Train To Busan, Invasão Zumbi no Brasil, é inovador por misturar drama com terror (rindo muito, já que o cinema coreano foca em DRAMA).

Train To Busan é um filme maravilhoso, falando sobre um assunto super clichê que é o apocalipse zumbi. Vou começar falando sobre o ator principal, que foi o ator responsável por me fazer entrar pro mundo dos doramas: Gong Yoo.

Ator Gong Yoo em cena de Train To Busan com Kim Soo-Ahn

Gong Yoo no papel principal

Não, eu não comecei a assistir doramas pelo famoso Lee Min Ho, mas sim pelo maduro Gong Yoo. Meu primeiro dorama foi Coffe Prince, um dorama do ano de 2007 que foi bem aclamado, onde Gong Yoo interpretava um jovem solteiro, de uma família rica, que recebia pressão da família para se casar e administrar os negócios. Ele recebera a função de administrar um café que estava às moscas, e acabou conhecendo uma garota nada feminina bem jovem que se fazia passar por menino pra poder sustentar sua mãe e irmã mais nova.

Gong Yoo em Coffee Prince.
 Esse dorama me chamou a atenção por duas coisas: falar sobre uma cafeteria e ter uma personagem tomboy. Mas o que me fez gostar mesmo da história foi o personagem de Gong Yoo, todo o desenvolvimento dele, a forma como o personagem amadurece e como o ator transpassa isso. Pretendo assistir mais filmes e doramas dele, porém, segundo minha experiência com esse filme e com dois doramas onde ele teve o papel principal (o segundo dorama foi Goblin, que terminou no dia 21 de janeiro e que eu orgulhosamente acompanhei o lançamento), o seu personagem amadurece, aprende, e o ator te deixa sentir essa mudança. Esse tipo de trajeto de personagem me conquista muito, e talvez por isso eu admire muito o Gong Yoo.

Sinopse

Seok-Woo é um gerente financeiro divorciado, que mora com sua mãe e sua filha pequena. Ele trabalha excessivamente e por causa disso não consegue acompanhar como gostaria a vida de sua filha, perdendo apresentações dela no colégio e até mesmo sem ter ideia de que tipo de presente lhe dar de aniversário.

Porém, como presente de aniversário, desta vez, ele pretende levar Soo An, sua filha, até sua mãe que é de Busan, e embarcam num trem de Seul até lá. No mesmo trem está Sang Hwa, um trabalhador comum com sua esposa grávida Sung Gyeong, uma equipe de beisebol colegial (da qual a atriz ex- Wonder Girl, Ahn Sohee, faz parte), um homem rico e egoísta chamado CEO Yong Suk, duas irmãs idosas In Gil e Jon Gil, e um homem sem-teto.

Assim que o trem dá partida, uma mulher jovem com uma perna mordida embarca no trem. Uma atendente do trem tenta socorrer a jovem, e esta se transforma e ataca a atendente a infectando. Na tv, noticia-se um surto de violência por toda a Coreia.
O apocalipse zumbi começa, e dentro do trem uma luta por sobrevivência se inicia.

(baseada na sinopse de Kingdom Fansub)

Comentários

Soo An, interpretada por Kim Soo-Ahn
Eu preciso falar sobre a garotinha, Soo An. Quando comecei o filme notei a interpretação dela, a melancolia que ela transpassa por não ter o pai presente como gostaria, e ela age com um pouco de frieza com ele. Porém, conforme a pressão e o medo vão ficando mais intensos devido ao apocalipse, nota-se o quanto a menina ama o pai, o quanto necessita dele e o quanto não quer perdê-lo. Apesar de ser uma atriz bastante jovem, me emocionei com o desespero dela, eu fiquei arrepiada de verdade.

A personagem Soo An demonstra uma personalidade muito bonita, visto que seu pai tende a ser mais individualista. Ela o repreende de certa forma, o que acho genial, já que aos poucos ele vai tomando compaixão e solidariedade por conta própria. Por ter essa personalidade bonita, ela emociona bastante. Quando ela chora, em determinadas cenas, é de cortar o coração.

Falando da personalidade bonita da garotinha, e de seu pai Seok-Woo que amadurece e deixa o individualismo para trás aos poucos, eu preciso falar sobre os valores. No trem, para uma direção, salvam-se os já citados, pai e filha, e também um adolescente, a mulher grávida e o marido, uma das irmãs idosas e o homem sem-teto, enquanto na outra direção do trem, está o CEO rico e egoísta, um atendente do trem, a adolescente interpretada por Ahn Sohee, a outra idosa, e mais pessoas.

O CEO consegue colocar na cabeça de todos que o grupo de sobreviventes está infectado, já que eles tiveram de atravessar inúmeros vagões infestados de zumbis. Dessa forma, ao invés de ajudar aquelas pessoas que conseguiram sobreviver, entre eles, uma grávida, uma criança e uma idosa, eles ficam com medo de que eles estejam infectados. Porém, o CEO não falou aquilo para salvar aqueles que estavam junto com ele, e sim para salvar a si mesmo, e isso é uma percepção que se conclui durante boa parte do filme. E mais: as pessoas provavelmente o escutaram por ele ser um CEO, um rico, entende? Então nota-se que para se salvar as pessoas tendem a ser mesquinhas e egoístas.

Também não posso esquecer de falar sobre os zumbis. Gente do céu, os zumbis são geniais! Esqueçam aquele padrão de zumbi caminhar se arrastando lentamente, porque os zumbis de Train To Busan são ágeis, ferozes, atentos. No escuro eles não enxergam nada, onde tiver barulho eles se dirigem. Eu achei a interpretação dos zumbis genial!

E claro, não posso esquecer de falar de Seok-Woo, o personagem do Gong Yoo. No começo do filme nós acreditamos que o homem seja mesquinho e que não dá atenção para a filha, sempre focado nos negócios. Mas conforme o filme se desenrola e notamos tudo o que ele faz para proteger a pequena, algo fica claro: ele é um bom pai, no fundo. Quando Soo An tiver que ir pra faculdade, seu pai vai poder lhe dar condições, por exemplo. As horas trabalhando não são em vão.

Se ele começa sendo egoísta, aos poucos seu coração vai demonstrando solidariedade. Ele sente medo em meio àquela situação toda, porém, mantém uma imagem forte e esperançosa afim de levar sua filha a salvo para Busan. Se vocês conseguirem sentir a intensidade da paternidade do personagem, vocês vão se emocionar muito.

Conclusão

Preparem os lencinhos. Eu tentei deixar bem claro o DRAMA do filme, só que não se esqueçam que é um filme de terror, afinal. O que significa que vão ter cenas aterrorizantes e dramáticas ao mesmo tempo, a sensação de susto com a sensação de dó. A intensidade do filme em ~feels~ é uma escada que vai subindo, então, o final vai ser esmagador.

Eu costumo assistir/baixar doramas no Kingdom Fansubs, e aqui está o link para Train To Busan.

6 comentários:

  1. Firstttt oo// OOi Yuu! Eu já vi esse filme indicado em vários lugares mesmo, digo que eu realmente tenho um certo preconceito com filmes estrangeiros, ou que não conheço muito a "procedência" .q Mas logo irei ver, até tu indicando xD KLDAJSD
    SHAUSHA Agora que parei para pensar mesmo, eles adoram um drama, nossa! Eu vejo algumas curtas com histórias emocionantes(tristes né, a maioria) e tipo, tem muito dramaaaaa, e agora tem filme, e tem os doramas, tem kdrama, jdrama, OU MELHOR, doramas que resumidamente é tudo drama @-@ LKJD
    Achei muito bonitinha a forma que você descreveu a relação da menina e do pai, e a parte que você diz das personalidades deles separadas também me chamou bastante atenção.
    Outra coisa interessante é essa parte do egoismo do CEO e esse pensamento das pessoas confiarem nele por ser rico ou algo do tipo, imagino que o filme tenha tratado isso de uma forma que caiba uma boa reflexão, e se não cabe, pelo menos pelo seu post dá KDLASJDSA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Sara o/
      Eita, eu sou um pouco assim só que com filmes americanos mesmo. Mas é sério, Train To Busan é muito bonito <3
      Asiáticos são experts em dramas, eu preciso admitir iudhad~
      Sabe, eu me surpreendi com a menininha, tipo, ela conseguia me deixar de boca aberta e achando o pai dela um durão aufhaeuh
      Então, o próprio filme te faz ver que o CEO só quer tentar salvar a si mesmo, tem umas cenas horríveis dele, sabe? Vontade de entrar lá e dar uma voadora de dois pés nele ¬¬ anvjfuinvh~

      Excluir
  2. Nunca assisti dramas coreanos, mas me interessei agora *u* na verdade, acho que o único filme coreano q eu vi (parecia mais coreano do que chines ou japonês...) foi um de uma sereia lá e geente q filme louco *u* Criei um blog recentemente pra falar de animes e coisas japonesas, se puder divulgar ou se quiser parceria, só falar :) Link: https://cafecomanimebr.blogspot.com.br/

    Sayounara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um dorama sobre uma sereia que terminou no começo desse ano, The Legend Of The Blue Sea que eu quero muito assistir :3
      Irei conhecer ^^
      Até mais o/

      Excluir
  3. aaaaa pera to tentando me recompor porque não consigo lidar com gong yoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não surtar com Gong Yoo?????????? não tem jikogfijsd

      Excluir

🌜 Plágio é crime;
🌜 Evite desavenças;
🌜 Críticas construtivas são bem-vindas;
🌜 Quando não souber o que falar não fale nada;
🌜 Comente sobre a postagem, não apenas se auto-divulgue;
🌜 Tem blog? Deixe o link no final do comentário :3

Use sem espaços:
negrito: < b > texto < / b>
itálico: < i > texto < / i >
link: < a href = "l i n k a q u i" > texto < / a > mantendo espaço somente entre a e href.

©yuu